Blog Coletivo

Blog coletivo - Para colaborar com este blog, veja a página "Como participar".

Amigo seguidor, faça parte da lista "Amigos Lado a Lado nesta Terra". Veja como em "Como participar".

Pesquisas - Nossa primeira pesquisa é sobre o Pau-Brasil. Veja na página Pesquisas e caminhe de mãos dadas com a Terra.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Mimetismo



Se você olha no meio da floresta
Mas nada vê, enxerga ou atesta
Será o camaleão possivelmente
Camuflado, do galho indiferente.

O bicho escondido é fenomenal
Há quem confunda com vegetal
Mas é tão somente um disfarce
Que lhe impede qualquer realce.

Ele se alimenta de muitas cores
Que o tornam parte do ambiente
Que lhe impedem de sentir dores.

O camaleão um bicho inteligente
Não será encontrado onde fores
Pois oculto faz parecer ausente.

6 comentários:

Zilani Célia disse...

OI JAIR!
A NATUREZA SEMPRE ENCANTANDO E INSPIRANDO.
PARABÉNS PELOS VERSOS.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Luísa N. disse...

Que bom novamente ver por aqui as pastagens de nossos amigos. Bem-vindo de volta, Jair!

María Perlada disse...

Me encantó volar entre tu blog.

Un beso.

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Através do Blog da Tais cheguei aqui. Gostei do poema postado lá e deste aqui. Eu sou um versejador medíocre e contumaz - quanto mais faço versos mais vontade tenho de os produzir. Irá aqui uns também para fazer jus ao poeta do relógio (onde o achei).

Gostei do seu mimetismo
Ou, pois, do camaleão.
Seja o dele ou seu ou não,
Mas seja o vejo e cismo.

Há no fundo o realismo
De sermos o meio e em vão
Mudamos de opinião
Por qualquer um catecismo.

A poesia é um meio
Que a mim é um prato cheio
Para encontra nova arte.

E o amigo tem veia e veio
Dessa lavra, sem receio
Digo que em parte, a reparte.

Grande abraço. Laerte (Silo).

Aleatoriamente disse...

O seu poema amigo
Foi um grito muito lindo
E com muita delicadeza
Um beijo na mãe natureza.

Parabéns 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

Abraço poeta🤗

Aleatoriamente disse...

Bem esperto e faceiro rsrsrs
Gosto dele.
E o POETA que o fez viu nele poesia.

Bjo

Related Posts with Thumbnails