Blog Coletivo

Blog coletivo - Para colaborar com este blog, veja a página "Como participar".

Amigo seguidor, faça parte da lista "Amigos Lado a Lado nesta Terra". Veja como em "Como participar".

Pesquisas - Nossa primeira pesquisa é sobre o Pau-Brasil. Veja na página Pesquisas e caminhe de mãos dadas com a Terra.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Carcará - II



Maria Bethânia - Carcará - 1999

Carcará

Maria Bethânia

Composição: João do Vale/José Cândido

(Glória a Deus Senhor nas altura
E viva eu de amargura
Nas terra do meu senhor)
Carcará
Pega, mata e come
Carcará
Num vai morrer de fome
Carcará
Mais coragem do que homem
Carcará
Pega, mata e come
Carcará
Lá no sertão
É um bicho que avoa que nem avião
É um pássaro malvado
Tem o bico volteado que nem gavião
Carcará
Quando vê roça queimada
Sai voando, cantando,
Carcará
Vai fazer sua caçada
Carcará come inté cobra queimada
Mas quando chega o tempo da invernada
No sertão não tem mais roça queimada
Carcará mesmo assim num passa fome
Os burrego que nasce na baixada
Estribilho
Carcará é malvado, é valentão
É a águia de lá do meu sertão
Os burrego novinho num pode andá
Ele puxa no bico inté matá
Carcará
Pega, mata e come!

-----------

Letra e Vídeo de: letras.mus.br

--------------------------

2 comentários:

Almirante Águia disse...

Carcará, a nossa "águia", em verdade um falcão, realmente representa a força do homem da caatinga, que luta contra as adversidades, a seca, e o êxodo rural, é bicho valente e resistente, muito bem retratado pelo João do Vale em seu protesto.

Abração

Luísa N. disse...

Nesses dois vídeos podemos ver outras versões de "Carcará". É só digitar a palavra 'Carcará' na barrinha (no alto à esquerda do vídeo).

Podemos ver também outras músicas de João do Vale e explorar o forró com Jackson do Pandeiro e até com o inesquecível Luiz Gonzaga...

Bom divertimento ao som de músicas típicas do nordeste brasileiro!

Related Posts with Thumbnails