Blog Coletivo

Blog coletivo - Para colaborar com este blog, veja a página "Como participar".

Amigo seguidor, faça parte da lista "Amigos Lado a Lado nesta Terra". Veja como em "Como participar".

Pesquisas - Nossa primeira pesquisa é sobre o Pau-Brasil. Veja na página Pesquisas e caminhe de mãos dadas com a Terra.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Pesquisa: Pau-Brasil

Pau-brasil: esta árvore da foto tem mais ou menos oito anos.*

Vamos pesquisar?

Iniciamos hoje nossa primeira pesquisa coletiva. Aliás, pesquisas vão estar sempre em pauta neste espaço. Queremos sua participação, amigo/amiga! Sim, você que se preocupa em preservar o lugar onde mora ou passeia, colabore com este espaço, com este cantinho de pesquisas. Sabe aquela praia, ou aquela cachoeira deliciosa, ou mesmo o rio ou córrego que você gosta? Seria tão bom ver o lugar que amamos sempre limpo e conservado, não é mesmo? Cuidando do meio ambiente de um modo geral, você estará deixando seu lugar preferido sempre lindo, com gosto de quero mais! Para você e todas as outras pessoas que vierem depois...Se você é estudante ou professor, saiba que gotaríamos muito de ter sua participação! Pronto para trabalhar? Comece pois a arregaçar as mangas, seja você seguidor ou não deste blog!

Vamos pesquisar? Escolhemos para esta primeira pesquisa a também primeira árvore que foi considerada extinta por excessos - tantos! - e da qual se originou o nome de nosso país: o pau-brasil! Vamos tentar saber um pouco mais sobre essa árvore tão cobiçada?  Por favor, pesquisem e enviem todo tipo de informação ao seu dispor. De livros, da Internet, dos professores... Se você tem o privilégio de ter alguma por perto, observe-a bem e nos envie seus comentários. Que pássaros gostam de fazer ninhos em sua bela copa? Há beija-flores? Há insetos amigos dessa árvore? Ou outras perguntas e/ou observações que você fizer!
Se queremos fotos? Muitas! Do tronco, das folhas e das flores! Não tem a menor importância se é de uma câmera simples ou mesmo de seu celular! O importante é você compartilhar com todos o que aprendeu sobre a nossa madeira cor de fogo. Um bom trabalho a todos nós!  

-----------

*A árvore da foto está na calçada de uma vizinha, em frente de minha casa. Com o decorrer da pesquisa, postarei mais fotos. 

-------------------------- 

3 comentários:

Zilda Santiago disse...

Ana.lucia Pereira - Buzz - Público

Esta postagem foi feita no buzz,uma ferramenta do gmail,onde meus blogs aparecem,daí apareceu esta postagem e a Ana postou esta informação lá.Bjsssssssssssssss

Para ajudar no post da amiga Zilda
O nome da nossa terra deriva do vermelho intenso da resina proveniente da árvore Caesalpinia echinata, vermelho cor-de-brasa, Brasil.

A extração do pau-brasil foi a primeira atividade econômica instalada na América Portuguesa, bem no início da colonização. Sua exploração foi arrendada a um grupo de comerciantes liderados pelo cristão-novo (judeu convertido ao cristianismo) Fernando de Noronha.

Utilizando-se da mão-de-obra indígena, conseguida através do escambo, este extrativismo vegetal predatório quase levou a espécie à extinção. Perigo este que persiste, pois a mata atlântica, habitat natural da árvore, está em franco processo de degradação.

Dora Regina disse...

Aqui na minha região tem algumas árvores de Pau Brasil, assim que tiver oportunidade enviarei uma foto pra você.
Abraços!

Almirante Águia disse...

http://www.ambientebrasil.com.br/composer.php3?base=./natural/index.html&conteudo=./natural/arvores/pau_brasil.html

Luísa,
Encontrei o link acima, após aceitar a convocação para a pesquisa, o texto é bastante completo.

Experiência:
Para coletar a semente do pau-brasil, quando a vagem estiver começando a secar, faça uma proteção com um pedaço de tela, destas que se utilizam para evitar mosquitos, preferencia pela cor clara, para que a vagem continue a receber incidencia solar, corte a tela numa forma quadrada, o tamanho depende da quantidade de vagens a serem envolvidas, fazendo isso é só aguardar que a vagem estoure e colher as sementes presas na tela. Este tipo de vagem costuma estourar desde o final da manhã até o fim da tarde, nos dias mais quentes. A armadilha é necessária porque ao estourar a vagem, as sementes caem a metros de distância, para todos os lados, é muito dificil e trabalhoso encontrá-las. As sementes do pau-brasil duram bastante tempo, se guardadas em vaso bem fechado, em local seco e fresco. Não toleram excesso de água ou matéria orgânica em decomposição no local da germinação. Antes de semear, é bom que se dê um choque térmico nas sementes. Isso acelera o processo de germinação.

Aquele Abraço

Related Posts with Thumbnails